3 de mar de 2010

Coragem...Coragem!!!


Queria eu, possuir essa firmeza de espírito, manifestada além dos meus sonhos e idealizações. Durante a noite, quando estou deitada em meu travesseiro, ela vem. Chega tímida, coitada. E senta-se ao meu lado. Traz consigo mil e uma situações, em que pode ser útil. Abraça-me forte, por causa da noite fria. E assim, abraçada com a coragem, eu adormeço.

Chegam os sonhos, e neles a coragem sempre está ao meu lado. Me defendendo dos perigos dessa vida, e me dando incentivo para continuar. Neles, eu posso ser o que quiser. E fazer o que sempre quis. Falar, falar, falar! E se alguma coisa desse errada... A coragem estava ali, para me dar força.

De manhã cedo, quando acordo, ela não está mais ali. Procuro a danada em todos os lugares da casa. Debaixo da cama, ela não está. Dentro do guarda roupa, também não. E a minha procura, é toda em vão. Fico o resto do dia temerosa, pela ausência da coragem. Às vezes ela aparece, e fica se escondendo por trás das mangas da blusa, e na barra da calça. Tímida, tímida.

Como fazer pra aprender a criar coragem, e não morrer tentando?

Nenhum comentário:

Postar um comentário