17 de jul de 2012

Com nova formação, Grupos Assessores Temáticos se reúnem na ANABB


Nesta segunda-feira, 16 de julho, aconteceu a primeira reunião da nova formação dos Grupos Assessores Temáticos (GATs) da ANABB. Os membros dos oito grupos se reuniram na sede da ANABB, em Brasília, para conhecer como será o trabalho para os próximos anos. Pela manhã, eles participaram de um encontro com a Diretoria Executiva da ANABB, que explicou sobre a importância dos grupos para o futuro da entidade. No turno vespertino, os grupos se reuniram de acordo com as áreas de atuação para eleger os coordenadores e iniciar os trabalhos.

O objetivo dos GATs, que foram aprovados e recompostos pelo Conselho Deliberativo da ANABB em sua última reunião, é  fornecer subsídios aos membros da Diretoria Executiva na tomada de decisões. De acordo com o Regimento Interno da ANABB, participam dos grupos: Conselheiros Deliberativos, Conselheiros Fiscais, Diretores Regionais e associados de notório saber em temas de interesse do funcionalismo aprovados, pelo Conselho Deliberativo.

O presidente da ANABB, Sergio Riede, destacou que as ideias e as sugestões propostas por cada um dos GATs é de fundamental relevância para o crescimento da Associação. “Cada GAT tem como função assessorar a Diretoria Executiva na sua área de atuação. O objetivo é discutir e propor ideias práticas, ou seja, sugestões que não fiquem apenas no papel ou no campo do debate, mas que realmente se tornem realidade”, concluiu Riede.
O presidente do Conselho Deliberativo, João Botelho, ressaltou que “o papel de cada membro dos órgãos da ANABB irá se cristalizar em propostas práticas à Diretoria Executiva”. A presidente do Conselho Fiscal, Vera Melo, por sua vez, relembrou a importância dos temas que serão trabalhados. “O sucesso dos GATs depende da participação ativa de cada membro.”

11 de jul de 2012

Novos nomes recompõem os GATs (Grupos de Assessoramento Temáticos) da ANABB

Na última reunião do Conselho Deliberativo da ANABB foi aprovada a recomposição dos Grupos de Assessoramento Temáticos (GATs), de acordo com os critérios anteriormente definidos pelo Conselho.

Os GATs contribuem para que as discussões sobre temas do funcionalismo do BB culminem em recomendações de caráter técnico relevantes para a tomada de decisão dos órgãos diretivos da ANABB.

Atualmente há oito grupos temáticos. Cada grupo tem um coordenador e um secretário. De acordo com o Regimento Interno da ANABB, participam dos grupos: Conselheiros Deliberativos, Conselheiros Fiscais, Diretores Regionais e associados de notório saber em temas do funcionalismo aprovados pelo Conselho Deliberativo.

Obs: Fui convidada pela atual diretoria da ANABB e vou compor o Grupo "CIDADANIA E RESPONSABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL.
Desde ja agradeço a confiança em mim depositada.

2 de jul de 2012

Convenção define candidato do PT à disputa eleitoral de 2012, em Paiçandu

Neste sábado, 30, o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) participou da convenção do Partido dos Trabalhadores (PT), em Paiçandu. Lá foi definido o nome do candidato do PT, o filiado Tarcísio Reis, que estará na disputa eleitoral para a prefeitura do município.

  O deputado Zeca Dirceu que acompanhou a convenção destacou a importância da corrida eleitoral para o desenvolvimento do município. “Com a definição o momento é de garra para iniciar a disputa eleitoral. Uma campanha se ganha nas ruas, uma campanha se ganha com bons projetos. Estarei com vocês, assim como vocês estiveram comigo em 2010”, enfatizou o parlamentar, que fez questão de compartilhar o momento com o partido, em Paiçandu.

1 de jul de 2012

Para Reflexão

Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (judia, fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:

“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada”.