17 de set de 2012

ATENÇÃO - Debate com os 5 candidatos a Prefeito de Paiçandu

ATENÇÃO - ATENÇÃO - ATENÇÃO

DIA 20/09 A PARTIR DAS 20 HORAS DEBATE NO SALÃO PAROQUIAL DA IGREJA JESUS BOM PASTOR COM A PRESENÇA DOS 5 CANDIDATOS A PREFEITO DE PAIÇANDU.

HAROLDO 11
TARCÍSIO 13
KÁTIA 15
ARGEU 27
PAULO SONI 40

14 de set de 2012

CONTROLAR E FISCALIZAR OS ATOS DO PREFEITO, COMEÇA PELA NOSSA VONTADE DE INFLUENCIAR!

Há dias venho pensando de que forma podemos fazer a diferença num processo eleitoral em que as alianças partidárias servem aos interesses do poder econômico e dos profissionais da política!

Não tenho dúvida alguma de que um cidadão qualificado e admirado por ações e decisões, sobrevive tranquilamente caso não se eleja para cargos públicos, diferente dos que, sem mandato, irão cobrar a fatura ao governante de plantão; a contrapartida é a nomeação para uma Secretaria; chefias ou cargos de confiança que deveriam, naturalmente, ser ocupados por servidores de carreira!

A partir da análise dos apoios partidários que cada candidato a Prefeito atrai para a sua campanha, se tem uma clara idéias dos riscos, cada vez maiores, do cidadão continuar sem voz e sem espaço nas decisões que norteiam as suas vidas

Nesta Sexta Feira 14/09 será realizado um COMÍCIO Próximo a Paróquia Jesus Bom Pastor No Jardim Pioneiro as 20:00 horas.



13 de set de 2012

CNBB lança no TSE campanha “Voto Consciente”

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou na manhã de quinta-feira, 06 de setembro, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), a campanha “Voto Consciente”. Estiveram presentes no auditório 2 do TSE a ministra-presidente do Tribunal, Cármen Lúcia Antunes Rocha e o secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner.

Produzida em parceria com o Núcleo de Estudos Sociopolíticos (NESP) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), a campanha Voto Consciente conta com vídeos, spots para rádios e texto com orientações para o voto consciente/cidadão e pelo voto limpo.

“Com esta iniciativa, a CNBB faz valer a tradição de sempre dar sua contribuição nas campanhas eleitorais com orientações aos seus fieis e todos os cidadãos, firmadas na ética e na cidadania à luz do Evangelho. A CNBB sempre se preocupou com o voto consciente e se preocupou também com as pessoas que estão à frente das nossas cidades, estado e municípios, para que pensem o bem comum. Então, poder participar de uma campanha como esta, junto com o TSE, é uma satisfação para a entidade. O nosso objetivo é poder ajudar a eleger, homens e mulheres, que pensem no bem da comunidade, das pessoas e, especialmente, dos mais pobres”, disse dom Leonardo no ato de lançamento.

A ministra-presidente do TSE também destacou a importância histórica da CNBB na luta pelo voto cidadão. “Gostaria de parabenizar a CNBB, em nome do Tribunal Superior Eleitoral, pois a entidade cumpre um papel histórico no Brasil no sentido de fazer com que a cidadania seja respeitada e que ela se respeite, e para isso é preciso que sua participação seja coerente com que ela espera do outro, que cada um cumpra seu papel. Por isso me sinto muito honrada, representando o TSE, de estar junto com a CNBB nesta caminhada, que é uma caminhada por um Brasil em que cada um assuma a responsabilidade com a sua história e, principalmente, com a história que é de todos”.

Citando a Lei Complementar nº 135/2010, mais conhecida com lei da Ficha Limpa, a ministra destacou sua importância social, e não apenas a questão jurídica em si. “É muito importante que a lei da Ficha Limpa se torne efetiva do ponto de vista social, e não do ponto de vista apenas formal e jurídico. E aí, só cada cidadão pode fazer isso, ou seja, na hora que ele escolhe bem o candidato, sabe quem ele está escolhendo e porque ele está escolhendo, o cidadão se torna coresponsável pela administração da cidade”, ressaltou.

No site da CNBB há um espaço com todo o material produzido pelo NESP e que está à disposição. Acesse www.cnbb.org.br e assista aos vídeos, leia os textos e ouça os spots.

Na quarta-feira, 5 de setembro, o TSE deu início à segunda fase da campanha Voto Limpo, que desde o dia 21 de agosto está sendo veiculada no rádio e na televisão. O objetivo é conscientizar o eleitor sobre a importância de sua participação nas eleições e evitar a troca de votos por vantagens indevidas.

10 de set de 2012

POLÍTICA E RELIGIÃO - POR FABIANA FERREIRA

Acabei de chegar da missa na minha paróquia Santo Cura D’Ars e estou muito inquieta com as cenas que presenciei.
Após a homilia o padre Pedro Jorge Delgado convidou a comunidade a refletir sobre a situação que se encontra o município de Paiçandu e assim nas eleições próximas pensar em quem vai votar, escolher alguém que ficha limpa. Apenas uma exortação comum a qual vejo que todo ‘pastor’ tem o dever de dizer às suas ovelhas.
No entanto estavam na missa a primeira dama da cidade que se sentiu ofendida com as falas do padre e junto com mais algumas pessoas foram tirar satisfação. Cena triste de se ver para nós que amamos a Igreja e lutamos para que a justiça e a fraternidade cheguem aos pequenos, aos pobres que sequer tem atendimento no hospital da cidade. A primeira dama ‘dava de dedo na cara do padre’ por achar que ele não deve se envolver com a política e assim algumas pessoas da comunidade.
Diante da cena lamentável fiquei pensando que quando as pessoas precisam de cestas básicas, roupas, casa, remédios, pagar conta de água e luz e outras necessidades básicas elas procuram a Igreja. E então como é que posso dizer que o padre não pode se ‘meter’ na política???
Com certeza essas pessoas que afirmavam isso têm condições de pagar seus planos de saúde e não precisam ficar esperando 6 meses por uma consulta especializada. Entretanto, essas pessoas também são Igreja e como não enxergam que o padre está defendendo somente os direitos daqueles que não tem voz, dos pequenos e muitas vezes miseráveis – sem nos esquecer que Cristo sempre fez opção pelos pobres e oprimidos.
Enfim, estou indignada, tive vontade de pegar o microfone para gritar isso para aquelas pessoas que se esqueceram do papel de cristão e muitas vezes nas urnas se esquecem do compromisso de votar o melhor para todos, não para si. Nisto consiste o Reinos dos céus, ninguém consegue fazer o Reino acontecer sozinho.
Penso que a presença da Igreja nas discussões políticas é fundamental como meio de conscientizar o povo dos seus direitos e também para defender os pequenos. “Quem fala a verdade não merece castigo” , quem se ofende com as verdade é porque não está andando com ela.
E pergunto: Se a Igreja/padre não falar a verdade de quem mais nós podemos esperar alguma coisa?
Pense bem gente, olha só a situação da nossa cidade. No meu bairro já faz uns 3 meses que estão tentando asfaltar, mais não bastasse isso estão tentando asfaltar mais um monte também, essa correria típica de final de mandato querendo mostrar serviço. Mais veja bem: cada dia se trabalha em um bairro, mais não terminam nenhum. Enquanto isso se quiserem ver a situação que está no JD Santo Antônio é só descer aqui. Imagine você respirar o pó das pedras que colocaram aqui estando há mais de 60 dias sem chuva.
Para quem mora no centro, tem plano de saúde, boa educação e não precisa da administração da cidade, Parabéns!!!!!
Porém, ser cristão é pensar naquele que vive à margem, nos pequenos, nos pobres; se for para pensar só em mim estou perdendo tempo na Igreja. Acordaaaaa Povoooo

Blog Leandro Oliveira: Primeira Dama Questiona Padre sobre Reflexão na S...

Blog Leandro Oliveira: Primeira Dama Questiona Padre sobre Reflexão na S...: Fiéis católicos seguem sua doutrina, participando das Santas Missas aos Domingos em suas respectivas Paróquias. Por lá o ensejo é buscar a ...

6 de set de 2012

No Facebook no Grupo Paiçandu em Debate Tarcísio 13 lidera a pesquisa com mais de 48% das intensões de voto

Segundo enquete realizada no Grupo Paiçandu em debate no Facebook sobre qual seria a melhor opção para Paiçandu, Tarcisio Marques Reis 13 e Waldir Watermann ganham disparado com mais de 48% das escolhas. Mais da metade dos que votaram escolheram TARCÍSIO 13 como melhor opção para Paiçandu!!!!!
Sem contar que é uma enquete qualificada e identificada.