7 de jun de 2010

"METADE DE MIM..."


Metade mim agora chora...   Metade de mim agora sorri...
Metade de mim está amargurada...   Metade de mim está feliz...
Metade de mim acredita que preciso mudar...   Metade de mim acredita que estou no caminho certo...
Metade de mim clama por justiça...   Metade de mim ajuda a fazer justiça...
Medade de mim é loucura...   Metade de mim é lucidez...
Metade de mim é realidade...   Metade de mim é sonho...
Metade de mim quer desistir...  Metade de mim quer ir à luta...
Metade de mim perde a razão...   Metade de mim quer achá-la...
Metade de mim é fruto de minha imaginação...   Metade de mim é a própria criação...
Metade de mim é razão...   Metade de mim é coração...
Metade de mim é saudade...   Metade de mim é felicidade...
Metade de mim é pavor...   Metade de mim é amor...
Metade de mim sente medo...   Metade de mim sente força...
Metade de mim quer chorar...   Metade de mim quer sorrir...
Metade de mim não existe...   Metade de mim é ficção...
Metade de mim quer falar...   Metade de mim quer se calar...
Metade de mim é espinho...   Metade de mim é flor...
Metade de mim sente frio...   Metade de mim sente calor...
Metade de mim ama alguém...   E a outra metade também...
Metade de mim está no céu...   Metade de mim oscila entre o céu e o inferno...
Metade de mim luta contra mim mesmo...   E a outra metade?
A outra metade ... cadê a outra metade?   
A outra metade se acovarda...   Se esconde e não quer opinar...
Metade de mim é covarde...   Metade de mim é lutadora...
Metade de mim é batalhadora...   Metade de mim é omissa...
Metade de mim é justiceira...   Metade de mim só assiste...
Ah! como queria me fundir e parar de confundir...
Metade de mim é querida e amada...   Metade de mim não se sente amada...
Metade quer provar a mim mesma meu valor...   Metade de mim não se dá valor...
Ó Deus não me deixe...   Não me abandone neste tempo de confusão...
A melancolia me ronda...   Mas a minha metade de força luta contra a tristeza...
Metade de mim está perdendo a esperança...   Metade de mim acredita que ainda há tempo...
Metade de mim quer sumir...   Metade de mim quer gritar para o mundo ouvir...
Metade de mim é egoísta...   A outra metade aceita ajuda...
Metade de mim se acha  suficîente...   Metade se sente dependente...
Metade de mim não acredita mais em conto de fadas...  
Metade de mim se sente responsável pelo que cativa...
Metade de mim é um conto...   Metade de mim é poesia...
Metade de mim é escafandro...   Metade de mim é borboleta...
Metade de mim sente um vazio...   Metade de mim transborda...
Metade de mim perde a paciência...   Metade de mim procura e acha...
Metade de mim quer colo...   E a outra metade também...
Metade de mim quer você do meu lado...   Metade de mim não te esquece...
Metade de mim é fogo...   Metade de mim é paixão...
Metade de mim é pimenta...   Metade de mim é doce como mel...
Metade de mim quer ficar no casulo...   Metade de mim quer voar...
Metade de mim quer morrer...   Metade de mim quer viver...
A metade que quer vida é muito mais forte!   E não tem medo da morte...
A solidão me ronda quer que me sinta sozinha...   Mas trago as lembranças do que já plantei....
E descobro que já amei... amei...e amei...
Quem ama nunca está sozinha...
Metade de mim quer parar...   A outra metade ainda tem muito a dizer...
Metade de mim não para...   Metade de mim não se cansa...
Metade de mim pensa depois do que fez...   Metade de mim não faz por pensar...
Metade de mim quer ficar...   Metade de mim adora viajar...
Metade de mim quer acabar...   Metade de mim quer arriscar e pagar para ver...
Metade de mim quer partir...   Metade de mim adora este lugar...
Metade de mim se confunde com você...   A outra metade já é você...
Queria poder voltar no tempo...   Queria não ter que me dividir...
Queria ter feito diferente...   E derrepente acordar!!!
Acordar e ver que apesar de confusa...
Valeu apena viver...   Valeu apena lutar...   Valeu apena amar...
Valeu apena acreditar...   Valeu apena me dividir...   Valeu apena ter duas metades...
Tão desiguais...  Tão leais... Tão legais...
A perfeição não existe...   O que existe é um ser em construção...
Que entre trancos e barrancos tenta se lapidar...   Se moldar...
Um ser de muitas formas...   Um ser que muda a cada dia...
Não sou hoje o que fui ontem...   Não serei amanhã o que sou hoje...
A única certeza que tenho é que seja qual for a metade...
Ama e acredita no amor...   Acredita no Senhor...
Em sua força...   E no poder de transformar...
Me transforma a cada dia...   Mas não me deixa perder a esperança...
Não me deixa parar!  


Um comentário: