30 de jan de 2011

MEU SEGREDO

Vem quando eu mais preciso de ti...
Me enche de confidências e de perguntas;
Chega como quem não quer nada...
Mas quando vai, leva um pouco de mim...

Cúmplice de seus casos complicados...
Amiga leal e parceira, como você mesmo diz...
Basta saber que a tristeza vem ao meu encontro...
Corre para chegar primeiro...

A perfeição de seu corpo e de seu olhar...
As vezes me fez pensar até que você não existe...
que é algo criado por minha imaginação...
Só acredito mesmo, quando com um simples toque me faz delirar...

Meu segredo de agora...
Meu segredo de outrora...

Com você no pensamento é fácil poetizar...
Com você do meu lado é difícil até de pensar...
Pois me tira a concentração...
Quando me pega com suas mãos...

Desaparece a gata e surge a loba...
Quando você descobre que estou em perigo...
Aparece o gato na pele de leão...
Quando você surge com seu instinto felino...

A madrugada chega e a noite vai...
Assim é você que vem,
Mas com a certeza de que não permanecerá...
E antes que amanheça o dia me faz acordar...

E quando acordo descubro...
Que tudo não passou de um sonho...
Descubro que você é o sonho que eu gosto de ter...
A realidade me acorda... E te leva pra bem longe...

Longe de meus olhos...
Longe do meu coração...

ROSINÉIA DIANA BALBINO

Nenhum comentário:

Postar um comentário