9 de jan de 2012

CORAÇÃO FECHADO PARA BALANÇO

Este coração que muito se enganou...
Se entregou para quem nunca amou...
Sofreu e chorou...
Agora resolveu acordar...
Resolveu se fechar...
Ficou ousado e arriscou...
Disse a seu amor:
Ou é ... Ou não é...
Correu um grande risco...
Mas foi corajoso...
Melhor arriscar e ganhar...
Do que viver em compasso de espera...
Não se perde aquilo que não se tem...
Se vier vai ser lucro...
Se não vier... O que fica são as canções e os poemas...
De uma linda história de amor que se perdeu com o tempo...
Ah! Coração...
Fechou-se para balanço...
Ah! Coração!
Se abre para uma nova vida...
E como diz o poema: Tudo novo... De novo...


Nenhum comentário:

Postar um comentário