6 de abr de 2010

"CALAMIDADE: CHUVAS PARAM RIO DE JANEIRO"





Preocupada com as imagens inéditas de alagamento do Rio que vi hoje na TV, liguei para meus amigos que moram lá e ouvi deles que foi a maior chuva que já viram. Ruas que nunca alagaram viraram rios. Bueiros fazendo redemoinhos. Maracanã alagado porque a drenagem do gramado não aguentou.
As principais vias interditadas : túneis (Rebouças, Noel Rosa, Lagoa-Barra), estrada Grajaú-Jacarepaguá (foto), estrada do Alto da Boa Vista, a Lagoa Rodrigo de Freitas transbordando, canal do Mangue idem. A meterologia confirmou a impressão das pessoas : choveu em poucas horas o dobro da pluviosidade prevista para abril, que é um mes bem chuvoso no Rio.
O pior ainda está por vir, se confirmada a previsão que vi na TV de um meteorologista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais : hoje tem mais do mesmo. O irmão de meu amigo, que  mandou as fotos tiradas no Grajaú porque não se arriscou a sair de perto de casa, me disse agora há pouco (19h) que começou uma chuva de mesma intensidade de ontem. Já são 95 mortos no estado. Pessoas estão presas no trabalho desde ontem. Se a dose se repetir, os estragos serão maiores, porque os bueiros e bocas-de-lobos estão assoreados, e as encostas dos morros já devem estar no limite de saturação, podendo acontecer tragédias como a de Angra dos Reis em vários pontos do Rio e das cidades vizinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário