16 de out de 2010

Padre Leomar da Arquidiocese de Maringá se manifesta à favor de Dilma 13

Olá queridos amigos e amigas,


Primeiramente peço desculpas por estar enviando este email, sei que o tempo é precioso para vocês e, também, prá mim, mas o faço como dever de consciência diante de vários questionamentos que tenho recebido em vista de posições políticas de pessoas da RCC (Renovação Carismática Católica) e outras pessoas da igreja, inclusive da hierarquia, isto é, de padres e bispos. Estas pessoas tem enviado emails e feito pregações dizendo prá não votar no PT e Dilma porque são a favor do aborto.

Pois bem, estas pessoas pensando em fazer um bem estão provocando um mal estar muito grande dentro da Igreja e na sociedade, porque é uma visão parcial sobre a política e sobre as questões de bioética, além de serem instrumentos de outros partidos que não só são a favor do aborto, como o recomendaram, enquanto no exercício do poder, como foi o caso de José Serra quando era Ministro da Saúde (Para o eleitor votar consciente e não ser enganado, a primeira verdade que precisa saber é: o único candidato a presidente nestas eleições que já assinou medidas para fazer abortos foi José Serra (PSDB), quando foi Ministro da Saúde, em 1998. Ele assinou norma técnica para o SUS (Sistema Único de Saúde), ordenando regras para fazer abortos previstos em lei, até o 5º mês de gravidez. A íntegra da norma pode ser lida aqui: http://www.cfemea.org.br/pdf/normatecnicams.pdf Certamente as pessoas que são favoráveis à descriminalização do aborto aplaudem de pé essa atitude de Serra, quando foi Ministro, ao aparelhar o SUS para fazer abortos previstos em lei. certamente, Serra jamais pode receber o voto de quem milita incondicionalmente contra qualquer prática relacionada ao aborto). Votar em Serra já é uma derrota do bem e da moral.

Esta Norma Técnica encaminhada por José Serra de como proceder nos casos de aborto, indicada no site acima, transcrevi no texto abaixo, destaquei em vermelho pontos mais relevantes e, também, segue em arquivo anexo o mesmo texto.
Vejam, então, como são hipócritas essas pessoas que tentam transformar esta Norma Técnica de José Serra em terrorismo da Dilma Roussegff. Com isso pode-se concluir que desconhecem a realidade deste tema ou estão imbuídas de má vontade fazendo o jogo daqueles que não só destruíram a vida de muitos seres humanos, não só em relação ao aborto, mas em relação a dignidade e a esperança (fome, miséria, desemprego etc).

Estas pessoas precisam ser mais comprometidas com o Projeto de Vida em todas as fases do ser humano e deixar de serem analfabetas, O Papa João Paulo II dizia em sua Mensagem para a quaresma de 1995: “A PRAGA DO ANALFABETISMO CONTRIBUI PARA MANTER AS CONDIÇÕES DE MISÉRIA. Neste tempo desejo refletir com todos vós sobre um tremendo mal que priva a um grande número de pobres de muitas possibilidades de progresso, de vitória sobre a marginalização e de verdadeira libertação. Refiro-me ao analfabetismo. O meu venerável predecessor, o Papa Paulo VI, ressaltou que “a fome de instrução não é menos deprimente que a fome de alimentos: um analfabeto é um espírito subalimentado” (Populorum progressio,35).

Esta terrível praga contribui para manter imensas multidões na condição de subdesenvolvimento, com tudo o que leva consigo de miséria escandalosa. Os numerosos testemunhos provindos de diversos continentes, bem como os encontros que tive ocasião de manter durante as minhas viagens apostólicas, confirmam a minha convicção que, ali onde houver analfabetismo reinam, mais que noutro lugar, a fome, as doenças, a mortalidade infantil, bem como a humilhação, a exploração e todo o tipo de sofrimento”.
Deixo aqui minha recomendação para que essas pessoas da RCC (não incluo todas, porque lá tem gente com posturas sérias e comprometidas com as causas sociais e com a vida em todas as fases) e de outras pessoas que fizeram tais pregações ou enviaram tais emails, inclusive da hierarquia, que procurem ter uma postura mais crítica e tentem ver as coisas na sua totalidade.

Vejam, por exemplo, o que diz o Catecismo da Igreja Católica em relação a defesa da vida. “não usar as capacidades para transformar a realidade prá melhor é homicídio. A aceitação pela sociedade humana de condições de miséria que levem à própria morte sem se esforçar para remediar a situação constitui uma injustiça escandalosa e uma falta grave. Todo aquele que se der a práticas desonestas e mercantis que provoquem a fome e a morte dos seus irmãos de humanidade comete indiretamente um homicídio que é de sua responsabilidade” (CIC, 2269).
Espero ter contribuído nesta reflexão e espero que tais pessoas deixem de ser instrumentalizadas e vejam os avanços sociais dos 08 anos do governo Lula. Agora, quando alguém receber algum e-mail demonizando Dilma, respondam essa VERDADE.
Quando ouvir alguém de “boa-fé” pregando contra Dilma e Lula, mostrem ou imprimam esta nota, esclarecendo quem é José Serra e quem é o PSDB.

Questionem, exijam a verdade.

O governo Lula sempre manteve diálogo franco e aberto com as entidades religiosas, assim como outras entidades da sociedade civil, reconhecendo seu importante papel como ente social na construção da nação, buscando mediar conflitos e polêmicas, em busca de consensos que representem de fato a vontade e o pensamento do povo brasileiro.

Pe. Leomar Antonio Montagna
Arquidiocese de Maringá




"Gente simples, fazendo coisas pequenas, em lugares não importantes,
 conseguem mudanças extraordinárias."

                                                           (refrão de origem Africana)

2 comentários:

  1. Padre...você é louco ou bebe um pouco?

    ResponderExcluir
  2. Ta indo contra Igreja que é contraria a posicao de Dilma

    ResponderExcluir