21 de dez de 2011

Preocupação com aumento de aposentadoria da Previ é manifestada à ministra Gleisi

A senadora Ana Amélia (PP/RS) esteve reunida com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hofmann, para expressar a preocupação das associações de aposentados e antigos funcionários do Banco do Brasil com possibilidade de a Caixa de Previdência dos Funcionários da instituição (Previ) aumentar o seu teto de aposentadoria complementar de R$ 27 mil para R$ 80 mil.
No encontro, realizado na tarde desta segunda-feira (19), estiveram presentes a vice-presidente de Seguridade da Associação dos Antigos Funcionários do Banco do Brasil, Loreni de Senger, e a presidente da Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil, Isa Musa de Noronha.
A medida, caso seja confirmada, poderá prejudicar os aposentados e funcionários da instituição, além de contrariar o enfrentamento aos altos salários no poder público, argumentou a senadora.
- É um abuso que compromete todo o sistema de previdência complementar – disse Isa Musa de Noronha.
A presidente da Federação disse que atualmente são 186 mil aposentados ligados ao Previ e que é inadmissível um pequeno grupo receber R$ 81 mil enquanto o teto é de R$ 27 mil e a média de rendimentos hoje é de R$ 6,5 mil.
O caso será encaminhado pela ministra para análise junto à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

Nenhum comentário:

Postar um comentário